Social Icons

Tutorial: Leia rapidamente a questão e suas alternativas antes de ler o texto

No tutorial de hoje, vamos ver um modo diferente de ler as questões em exames, vestibulares e concursos. Quando a leitura tem um objetivo específico, é melhor aproveitada, aumentando as chances do candidato de ter um bom desempenho na prova.


Como já prestei vestibulares e concursos, sei que o tempo é fundamental para otimizar os resultados das avaliações. Por isso, desenvolvi algumas técnicas relacionadas à leitura da prova que vão ajudá-lo, caro estudante, na hora de responder questões de múltipla escolha. Vamos à primeira sugestão de leitura da prova?

Leia a questão e suas alternativas antes de ler o texto

     

Por que proponho este modo de leitura? Porque quando o leitor lê um texto com um objetivo específico, a leitura é melhor aproveitada. Como nosso objetivo é responder corretamente ao comando da questão, então é preciso saber, antes da leitura do texto, o que a questão quer que eu responda. Atenção! Observe que em alguns casos, um texto está relacionado a mais de uma questão.

Oriento que o candidato leia rapidamente a questão (alguns dizem leitura dinâmica), ou as questões, e suas alternativas, para que a leitura do texto tenha um foco, o que aumenta a atenção do leitor em relação ao texto, além de promover uma relação eficaz entre pergunta/texto, ou texto/pergunta.

Passemos a um exemplo prático.

Utilizando um exemplo de uma questão do Enem 2012

  • Primeiramente, ler e entender o comando da questão:


O efeito de sentido da charge é provocado pela combinação de informações visuais e recursos linguísticos. No contexto da ilustração, a frase proferida recorre à

Apenas pela pergunta, o leitor já começa a ativar os conhecimentos prévios em relação a efeito de sentido, charge, informações visuais, recursos linguísticos, entre outros termos usados no enunciado.

  • A seguir,  relacionar o comando às alternativas da questão:


A) polissemia, ou seja, aos múltiplos sentidos da expressão “rede social” para transmitir a ideia que pretende veicular.
B) ironia para conferir um novo significado ao termo “outra coisa”.
C) homonímia para opor, a partir do advérbio de lugar, o espaço da população pobre e o espaço da população rica.
D) personificação para opor o mundo real pobre ao mundo virtual rico.
E) antonímia para comparar a rede mundial de computadores com a rede caseira de descanso da família.     

Pela leitura das alternativas, o candidato já tem contato com o conteúdo exigido na questão. Na pergunta aqui analisada, é possível que um leitor atento acerte a questão mesmo não tendo total domínio ou conhecimento dos termos acima citados: polissemia, ironia, homonímia, personificação e antonímia. Isso porque as respostas estão contextualizadas e muitos termos "se explicam" nas próprias alternativas.

Observação: Não é objetivo deste artigo abordar os conteúdos apresentados na questão em estudo, mas sim, expor uma forma de leitura eficaz para o candidato ter melhor desempenho nas avaliações de múltipla escolha.

  • E, por fim, seguir para a leitura do texto:

chargem enem



Retomando, temos que, sobre o efeito de sentido do texto acima, "a frase proferida recorre à"... (comando).

Resposta correta: alternativa "a", polissemia, ou seja, aos múltiplos sentidos da expressão “rede social” para transmitir a ideia que pretende veicular.

Concluindo


Seguindo este processo de leitura em avaliações de múltipla escolha, o candidato ganha tempo de prova e pode se dedicá-lo à revisão das respostas das questões mais difíceis ou à produção e revisão da redação, por exemplo. 

Sendo assim, fica mais fácil para você, leitor, interpretar o texto a partir de conhecimentos prévios, como efeitos de sentidopolissemia, ironia, homonímia, antonímia e personificação.

Quer saber mais? Assista a uma aula completa sobre este post: www.tutorialenem.com.br.


Resumindo


Quem gostou do texto acima, gostou também de:


Marilisa Cardoso